Cupping facial: conheça a técnica anti-idade favorita de Kim Kardashian

Técnica também usada por nadadores em competições usa ventosas para ativar circulação sanguínea no rosto.

 

Durante as últimas Olimpíadas do Rio de Janeiro, marcas roxas nas costas do nadador Michael Phelps chamaram a atenção do público. A técnica usada pelo atleta chama-se ventosaterapia, que utiliza ventosas para ativar a circulação sanguínea – e tal método também conquistou Kim Kardashian!

A empresária e influencer aderiu ao tratamento na região do rosto, técnica chamada de cupping facial. Apesar de não deixar marcas como no caso de Phelps – as ventosas não ficam paradas na pele, e sim fazem uma massagem no músculo -, a sucção ativa a circulação sanguínea, massageia a pele e relaxa os músculos da face.

O cupping é o tratamento queridinho de Kardashian nos cuidados anti-idade por resultar em uma pele mais iluminada, suave e que absorve melhor os cosméticos. “O que diminui o inchaço, tonifica o tecido e relaxa os músculos da face”, contou a nossa expert Apolonia Sales em entrevista à revista Boa Forma.

“O Cupping Facial encoraja o fluxo sanguíneo e estimula o sistema linfático, reduzindo inflamações. Também reduz linhas finas e, por fim, atenua até casos de sinusite e rinite”, garante Nurse Jamie, responsável pelo tratamento de Kim.

Veja como procedimento funciona:

- Por Felipe Gomes