Cabelos: os 7 erros da coloração

Você vai ao salão para ficar mais bonita e mudar e look e o tiro acaba saindo pela culatra. Identificamos os principais erros na hora de colorir os fios.

Compartilhar:

Mudar a cor do cabelo é um dos jeitos mais estimulantes de transformar o visual – desde que você o faça sem prejudicar a saúde dos fios. Por isso, identificamos erros comuns que podem estragar o look, em vez de valorizá-lo.

1 Colorir o cabelo quando ele está danificado

Se o seu cabelo já está quebradiço e danificado, melhor tratar antes de colorir, ou descolorir. Aplique máscara com proteínas por algumas semanas até os fios estejam mais fortes e resistentes. Além disso, se for clarear, faça isso aos poucos, para agredir menos a fibra”, aconselha o colorista top Juha Antero. 

2 Lavar o cabelo demais

Lavar o cabelo quase nunca é demais. Mas se você andar usando shampoos agressivos, como os anti-resíduos, a cor pode ir embora antes que você possa dizer “estou linda”. “Isso porque eles abrem as cutículas e, junto com resíduos de produtos, saem também os pigmentos da coloração e o brilho”, explica Juha. Prefira produtos específicos para fios coloridos, que protegem a cor.

3 Mudar demais o tom

A cor do cabelo que você tem é a que você deve ter: complementa seu tom de pele e não parece artificial. Ao colorir seus cabelos, se você estiver procurando por esse olhar “natural”, deve apenas valorizar essa nuance, em vez de mudar completamente.

“Em outras palavras, se você é morena, não se afaste muito dos tons ricos. Se você é uma loira quente, mantenha luzes douradas, que adicionam profundidade.” Em tempo: vale ter um tom um pouco mais claro ao redor do semblante, para iluminar a face.

4 Usar os finalizadores errados

Produtos à base de álcool podem desidratar os cabelos e fazer com que a cor desbote mais rapidamente. Se der, evite spray de cabelo, que sempre terão álcool. E capriche nos leave-ins para hidratar e proteger os fios.

5 Ficar morena demais

O cabelo preto demais não reflete a luz. Pode parecer opaco! E, de quebra, vai deixar seu rosto pálido e cansado. Melhor investir em luzes para iluminar seu tom natural e disfarçar possíveis fios brancos. “Se for pintar o cabelo em casa, escolha um tom mais claro que o seu natural”, ensina Juha. Assim, evita erros. Se você estiver no cabelo escuro, fique na faixa de castanha média a escura, como Demi Moore.

6 Clarear demais

Os cabelos loiros rejuvenescem. Mas tons pálidos demais podem parecr cinza. O ideal é escolher uma nuance uma ou duas vezes mais claras que seu tom natural. Se precisar de mais maquiagem para fazer sua nova cor funcionar, você escolheu o tom errado.

É importante manter um certo nível de contraste entre a cor do seu cabelo e seu tom de pele, para ter profundidade. A parte mais escura deve se concentrar na raiz, com pontas mais claras, como os cabelos das crianças.

7 Exagerar nas luzes

Luzes em vários tons é puro luxo. Mechas zebradas, nem tanto. O bacana é que pareça que seu cabelo foi beijado pelo sol. Vale pedir mechas ainda mais leves ao redor do rosto.

- Por Karina Hollo