- Por Fran Vergari

Cabelo loiro

O que você precisa saber antes de tingir - Até a Kim, que é morena por natureza, já se rendeu aos fios loiros. Para não se arrepender dessa decisão que vai mudar sua vida, leia com atenção!

Você precisa ter certeza do que está fazendo

“Nunca pense em mudar o visual em momentos de stress, na TPM ou sob forte ansiedade”, fala Charles. Tomada pela emoção, você pode decidir errado.

“Brigar com o namorado e vir para o salão dominada pela raiva, nem pensar. Depois se arrepende, e briga com o cabeleireiro!”

O loiro pode não combinar com você

“Os tons platinados, mais radicais, ficam bem em quem é mais fashion, ousada. Se você for mais discreta, escolha um loiro mais natural, médio claro”, aconselha o hair stylist.

A cor pode brigar com a sua sobrancelha

No geral, fios claros não combinam com arcos negros de Frida Kahlo… “Se você optou por fazer californianas e clarear só as pontas, por exemplo, não precisa mexer no tom da sobrancelha.

Mas se tingir o cabelo todo e a sobrancelha for mais escura, vale dar uma suavizada no contraste sim. Uma opção é colorir a sobrancelha no mesmo tom da raiz.”

O tom pode amarelar

Sim, você pode ficar com a cabeleira quase alaranjada… O pigmento amarelo é do próprio cabelo. Quando é feita a descoloração, a estrutura do fio fica mais frágil e pode acontecer a oxidação (também por agentes externos como poluição e sol).

Para neutralizar, o profissional deve tonalizar com o antiamarelador. Como manutenção, o ideal é lavar o cabelo em casa com shampoo violeta uma vez por semana.

Você vai ter que ir sempre ao salão

“Os tons mais claros precisam ser retocados a cada 15 dias, mais ou menos, porque a raiz mais escura aparece muito rápido”, diz ele.

Aí, o retoque vai só na raiz, onde o cabelo cresceu desde a última coloração. “Se escolheu um tom mel, por exemplo, refazer a cor a cada 30 ou 40 dias.”

Você vai precisar cuidar muito do seu cabelo

“A manutenção do cabelo loiro é especial, bem específica — pode ser semanal, mensal”, avisa Charles. O descolorante retira matéria dos fios.

Por isso, é preciso devolver com tratamentos reconstrutores, com proteínas, aminoácidos ou queratina, a cada 15 dias, intercalando com máscaras de hidratação para dar maciez e brilho.

“O corte também faz parte dos cuidados. Os mais curtos precisam ser acertados quase todo mês; os médios a longos, no máximo a cada três meses para manter a ponta do fio saudável e com aparência bonita.”