Benefícios dos secativos para espinha

Os secativos para espinha são uma solução rápida e prática para acabar com a acne que aparece em dias inesperados. Entenda como e quando usar!

Você tem um evento importante e pá, acorda com uma espinha no rosto. O que fazer? Aposte nos secativos para espinha. Já existem vários tipos, como em creme, caneta, bastão etc. Basta escolher o seu favorito!

Os secativos para espinha são ótimas pedidas, pois são práticos de usar e, muitas vezes, oferecem resultado rápido. Mas será que pode usar sempre ou ele agride a pele? Se você tem essa e outras dúvidas, siga em frente, conversamos com a dermatologista e expert, Denise Lage, que respondeu todas elas!

Uso pontual

Sim, os secativos para espinha são grandes aliados no dia a dia, mas servem apenas para uso pontual. “Esses secativos costumam ter ácido salicílico na fórmula e podem ser usados como curinga, mas não como um tratamento para acne”, alerta Denise.

A acne adulta precisa de acompanhamento médico e um tratamento indicado para o seu tipo de pele.

Acne adulta

Ao contrário da acne adolescente, que é causada por genética e alterações hormonais, a acne da mulher adulta, com mais de 25 anos, pode ter inúmeras causas. “Há vários gatilhos que acabam piorando essa acne, como a poluição, estresse, tabagismo, obesidade, alimentação com excesso de açúcar e gordura, exposição excessiva ao sol, entre outros”, conta.

Para tratá-la, além de consultar um médico dermatologista, que irá indicar o tratamento ideal, é preciso seguir uma rotina de skincare à risca.

Skincare antiacne

Em casos de acne adulta, antes de mais nada, é preciso identificar o seu tipo de pele, pois cada uma tem um ritual de cuidados indicado. “Quem tem pele seca, por exemplo, normalmente não tem acne, apenas cravos. Tratamos essa pele com ácido e esfoliação uma vez por semana”, conta.

Já a acne mais inflamatória, que tem espinhas e não só cravos, é mais comum na pele oleosa, mas também pode aparecer nas normais e sensíveis. O skincare ideal começa com a limpeza com produtos específicos. “Geralmente esses sabonetes contam com ácido salicílico que ajudam a controlar a oleosidade, mas o mais importante é não lavar o rosto mais de duas vezes ao dia. Quem lava o rosto demais pode ter um efeito rebote, pois a pele entende que está ficando ressecada e produz mais oleosidade”, alerta.

Após usar o sabonete, aposte em um tônico e siga para o hidratante. “Acredite, a pele oleosa é desidratada e precisa de um produto para repor água. Depois, aplique o filtro solar, mas prefira veículos leves, como em gel ou oil free”, conta.

Denise indica usar um filtro solar com cor, porque ele protege, serve como maquiagem e ainda oferece proteção física para a pigmentação dessas espinhas. “A noite, o ideal é usar algum ácido, mas o seu dermatologista é quem deve indicar”, alerta.

Para quem tem pele sensível essa rotina antiacne é um grande desafio, pois é um tipo de pele que não tolera bem ácidos. “O indicado aqui é usar o ácido duas vezes por semana, intercalando com hidratação para recuperar a barreira cutânea e não irritar a pele”, revela.

- Por Aline Marchiori