solucao-de-beleza carla-vidal 2014-09-15 cuidados-para-pele materia Pele perfeita - como evitar erros Rosto de pêssego é o que todas queremos e a razão pela qual passamos horas cuidando da pele. Descubra o que fazer para ficar cada vez mais linda. https://cdn.belezanaweb.com.br/image/upload/v1/loucas-por-beleza/images/pele-perfeita-como-evitar-erros/materia_bg_5.jpg

1. Você não está usando os produtos
para o seu tipo de pele


Essa é uma atitude que mantém você cada vez mais longe da pele perfeita. É possível que não saiba qual seu tipo de pele. Se tem a pele mista, por exemplo, e está usando produtos que contenham ingredientes irritantes como o álcool, pode aumentar a produção de óleo!

Se tem a pele seca e usar hidratantes demais, sem a companhia de bom esfoliante, vai haver acúmulo de células mortas e cútis ainda mais seca. Sem falar que o hidratante para de funcionar, por não ser absorvido! O que você precisa é de uma rotina que se adeque ao seu tipo de pele.

“A automedicação (ou autoprescrição) é mais comum do que se imagina. A pele é completamente prejudicada pelo uso de produtos que não estão de acordo com o seu tipo de pele. Pele oleosa, por exemplo, pode ficar ainda mais oleosa e o quadro pode evoluir para rosácea ou até de ressecamento excessivo”, diz a dermatologista Carla Vidal.

Cada produto deve ter uma textura (creme, loção, gel) que faça sentido. Isso significa que se a pele é oleosa, deve evitar cremes e loções, e optar por géis.

Pele mista pede um mix de produtos -- ou você pode optar por camadas mais leves sobre as áreas mais secas. A pele seca precisa de produtos mais ricos e grossos...

2. Você só aplica filtro solar
quando tem sol


Totalmente errado. Todas as aparentemente inocentes exposições ao sol somam danos cumulativos que prejudicam a resposta imune da pele.

E quando essa capacidade é danificada, não importa que produtos use, seu rosto não ficará bonito.

“Mesmo em dias nublados, os raios ultravioleta continuam passando e afetando a pele.

O uso do protetor é obrigatório e ele precisa ser adequado. Se a pele é fotoenvelhecida, os ativos devem não só proteger como restaurar a derme”, avisa Carla.

3. Você não remove toda a maquiagem,
à noite


Você teve um longo dia. Esticou na happy hour. Mas, não importa se chegou exausta em casa – é preciso tirar a make antes de cair na cama.

Manchas na pele, oleosidade e olhos inchados são apenas alguns dos efeitos nocivos de dormir maquiada.

“Isso provoca, também, a oclusão dos poros, o que pode evoluir para um quadro de acne, por exemplo”, alerta a dermato. Em tempo: o lenço demaquilante serve apenas para tirar a make.

“Ele não promove a limpeza completa. Depois, é preciso lavar com sabonete adequado, passar tônico ou adstringente, de acordo com o seu tipo de pele.”

4. Você imagina que cremes funcionam
como tratamentos estéticos


“Creme realmente funciona como um tratamento desde que ele seja o correto para a sua pele. Isso é comprovado”, fala Carla. Ele é o primeiro passo no cuidado, principalmente para a pele jovem.

"Uma pele fotoenvelhecida, por sua vez, precisa primeiro de um tratamento com cremes e apenas depois dessa etapa, recorrer aos procedimentos como laser.”

Falta de tempo não existe: reserve alguns minutos para cuidar de você!

MAIS DICAS DE BELEZA DOS NOSSOS EXPERTS