solucao-de-beleza joao-carlos-pereira 2016-05-02 cuidados-para-pele materia Como evitar estrias de gravidez Ser mãe é pura emoção. Mas essa história não precisa ser contada em linhas espalhadas pelo corpo. https://cdn.belezanaweb.com.br/image/upload/v1/loucas-por-beleza/images/como-evitar-estrias-de-gravidez/materia_bg_1.jpg


A gravidez é uma fase cheia de mudanças: os hormônios entram em ebulição, a barriga cresce, os seios crescem... E o estiramento dessa pela pode causar estrias. A melhor estratégia é prevenir. Mas também dá para tratar depois. Vem ver nosso guia para seu corpo continuar sendo uma tela sem riscos.

     

Por que as estrias aparecem?

Elas surgem quando acontece a ruptura das fibras de colágeno e elastina localizadas na derme (camada mais profunda da pele), responsáveis pela elasticidade que, no geral, é causada pelo aumento de peso.

"Esse aumento pode ocorrer por causa de gravidez, colocação de prótese de silicone nos seios ou por fatores hormonais como o uso de estrógeno. Tratamentos com corticoides também podem desencadear estrias no corpo. A genética, a raça, a idade e a produção de colágeno individual são fatores que também influenciam", explica o Dr. João Carlos. Em tempo: as peles claras e finas são as que têm mais tendência a sofrer com as linhas.

Onde elas surgem?

Nas mulheres são mais comuns nos flancos, nas coxas, nos glúteos, no abdômen e nos seios. "Acontece muito quando a mulher entra na puberdade, cresce rapidamente, ou ganha peso num curto espaço de tempo. Na fase adulta, durante a gravidez podem aparecer estrias no abdômen e nos seios. Ou após a colocação de próteses de silicone, por conta do estiramento dos tecidos de forma abrupta", fala João Carlos.

"Nos homens, é mais comum nos ombros, nos braços e nas costas. Os que se submetem a musculação excessiva ou abusam de anabolizantes são os mais propensos. Neles, o ganho de peso e o crescimento abrupto também são causas de estrias", continua o médico.

     
     

Como evitar estrias na gravidez?

A estratégia é evitar engordar muito. "É importante manter a pele devidamente hidratada durante toda a gravidez, mas especialmente no último trimestre, devido ao intenso crescimento da barriga e ao aumento de peso típicos dessa fase", fala o dermato.

Algumas medidas simples que ajudam a manter a pele bem hidratada: alimentação equilibrada e uso de um bom creme hidratante. "Se a pele coça é provável que ela esteja desidratada." E praticar exercícios, já que eles auxiliam na circulação.


Cremes e óleos são aliados?
Cremes hidratantes e óleos ricos em vitamina E são perfeitos para fornecer uma hidratação profunda à pele durante a gravidez, reduzindo as chances do aparecimento de estrias, pois aumentam a elasticidade da pele.

Procure por ácido retinoico, glicólico, salicílico, lático, hialurônico. Vitaminas C e E. D-pantenol, óleo de semente de uva e o de rosa mosqueta.

Fazer massagens na barriga e nas mamas ajuda?
Fazer massagens também ajuda a evitar as estrias, pois dá uma melhor elasticidade à pele e ajuda e ativar a circulação sanguínea nessas regiões.

"É importante que estas massagens sejam feitas diariamente, principalmente nas regiões com maior tendência ao aparecimento de estrias como: barriga, mamas e coxas. Elas podem ser feitas com cremes ou óleos."

     
     

Qual o tipo de roupa ideal?

Roupas íntimas que sustentem bem a barriga e ajudem a suportar os seios também ajudam a reduzir as chances do aparecimento de estrias.

Além disso, usar roupas largas e de algodão também é importante, pois ao não apertar demais, facilitam a circulação sanguínea.

Comer alimentos ricos em vitamina C e E é importante?

As frutas cítricas são alimentos ricos em substâncias antioxidantes, como betacaroteno ou flavonoides, que agem como estimulantes do colágeno da pele, contribuindo também para o combate das estrias.

Por outro lado, alimentos ricos em vitamina E como cereais integrais, óleos vegetais e sementes, servem para proteger as células do organismo, sendo a vitamina E uma vitamina antioxidante com propriedades antienvelhecimento para a pele.

"Controlar o peso durante a gravidez também ajuda a prevenir o aparecimento de estrias e para tal é necessário que a grávida acompanhe regularmente o seu peso e que mantenha uma dieta saudável e equilibrada rica em legumes, frutas, cereais integrais, carnes brancas, peixe e ovo, evitando os alimentos com excesso de gorduras e açúcares."

     
     

Quais tratamentos são eficientes?

"Para as estrias brancas, o laser Active Deep é o mais indicado. Feixes de luz são direcionados para a estria e penetram a pouco mais de um milímetro de profundidade na pele. Nesse ponto, a energia estimula a produção de colágeno e elastina preservando boa parte das células, o que acelera o processo de cicatrização.

Já o Fraxel Dual é infalível na eliminação das estrias recentes (avermelhadas ou arroxeadas). Sua ponteira de Thulium clareia as linhas e diminui a sua espessura. Luz intensa pulsada é ideal para estrias vermelhas, pois promove a regeneração das estruturas da pele, além de tratar os vasos dilatados que dão a aparência avermelhada."

Ácido retinoico estimula a produção de colágeno na região em que há a estria. Microdermoabrasão promove estímulo para reorganização dos tecidos da estria e facilita a penetração de outras substâncias, como o ácido retinoico. "Deve ser feito com cuidado para evitar sangramentos no local."

MAIS DICAS DE BELEZA DOS NOSSOS EXPERTS