e-quente marcelo-bellini 2013-08-17 cuidados-para-pele materia Protetor solar em 10 dicas Ok, a bonita ao lado é marrom-bombom por natureza. Mas para chegar a um décimo da cor dela em segurança, ouça os conselhos do nosso expert. https://cdn.belezanaweb.com.br/image/upload/v1/loucas-por-beleza/images/segredos-do-filtro-solar/materia_bg_1.jpg

1. Quais são as medidas corretas de protetor solar para cada parte do corpo?

“Em média 1 colher de sopa rasa para o rosto e 1 xícara de café para o corpo. Um protetor solar com FPS 50 ou 60, se mal aplicado, equivale a um de 30. Além disso, pessoas com propensão a manchas, tumores ou câncer de pele necessitam de proteção extra”.

2. Filtros em forma de gel, spray ou sérum protegem tanto quanto os em loção ou creme?

“Todos eles são submetidos a testes para assegurar sua capacidade de proteção, que está relacionada com os princípios ativos que contêm e não ao tipo de veículo. Como 80% dos brasileiros têm pele mista ou oleosa, foram criadas opões de produtos com outras texturas”.

3. É necessário aplicar o protetor quanto tempo antes da exposição ao sol? E os intervalos para a reaplicação?

“Hoje, a maioria dos protetores age imediatamente, o que torna desnecessária a aplicação 20 minutos antes da exposição. A reaplicação deve ser feita de 2 em 2 horas quando exposto ao sol, sempre que sair da água e de 1 em 1 hora quando há prática de esporte”.

4. Bases de maquiagem e pós com filtro solar substituem os filtros?

“Necessitamos de FPS 20 OU 30 no dia a dia, mas os cosméticos (com algumas exceções) geralmente trazem filtros baixos como 8 ou 15 e não protegem contra os raios UVA, associados ao envelhecimento cutâneo e ao aparecimento de tumores e câncer de pele. Portanto, o ideal é utilizar o filtro solar pela manhã e por cima da maquiagem”.

5. Como reconhecer a proteção UVA na embalagem?

“A proteção contra a radiação UVB é indicada pelo FPS, já a proteção contra os raios UVA é descrita nas embalagens da seguinte forma:
Letras: PPD
Cruzes: +,++,+++
Selo Colipa: indica proteção UVA”

6. É preciso usar protetor mesmo em dias nublados?

“Nos dias nublados as nuvens filtram o UVB (raios que ardem) e deixam passar o UVA, infravermelho e UVC (que não ardem), que causam danos à pele. Mesmo em casa, a presença de luz de lâmpadas frias (fluorescentes) pode manchar. A tela do computador também transmite radiação. Estudos indicam que 75% da radiação que recebemos em nossa vida é fruto da rotina diária. Os outros 25% são de exposição direta na praia ou na piscina”.

7. Protetor solar causa algum mal à saúde, como câncer?

“Não há comprovação de que filtros solares contenham qualquer substância que induza à formação de tumores. Os filtros solares comumente contêm substâncias conservantes como os parabenos, que podem ter uma ação hormonal (imitando a ação dos estrógenos, os hormônios femininos), mas devemos salientar que os parabenos estão presentes em muitos cosméticos e até na conservação de alimentos”.

8. Protetor solar bloqueia a vitamina D pelo sol?

“Para haver a absorção dessa vitamina, precisamos da presença de radiação solar e os filtros podem, sim, bloquear sua absorção. Portanto, oriento fazer um rodízio de aplicação do filtro solar: aplicar o produto no rosto sempre e deixar um dos braços sem o filtro, no outro dia, o outro braço. A exposição por 10 a 15 minutos diariamente sem proteção solar é suficiente”.

9. Qual o fator de proteção solar indicado para cada tipo de pele?

Pele muito clara: necessita de filtro com FPS 60, todos os dias, para que não sofra queimaduras e vermelhidão. Pele morena: nos primeiros dias deve usar FPS 45 a FPS 60 e, à medida que a pele for se acostumando, é possível diminuir o fator de proteção - mas nunca menor do que FPS 30 . Pele negra: deve manter o uso de um protetor solar entre FPS 30 e 20 , todos os dias de exposição. Apesar de não correr riscos de queimadura, esse tipo de pele precisa de proteção”.

10. No dia a dia, é preciso proteger também os lábios do sol ou só na praia?

Proteção diária é fundamental, já que a pele dos lábios, de textura fina e pouco resistente, fica muito exposta e está sujeita a manchas, ao envelhecimento e até aos tumores. É aconselhável usar batons com filtro solar ou protetores labiais com FPS 15/20 e reaplicar ao longo do dia. Já na praia devemos aplicar de 2 em 2 horas".

MAIS DICAS DE BELEZA DOS NOSSOS EXPERTS