Voltar para a loja

Eau de Parfum

Uma fragrância desenhada à mão É o resultado de forças opostas: poder e romantismo, nostalgia e modernidade. Inspirado pelo vidro retro delicado e lindos objetos de metal com os quais mulheres elegantes enfeitaram suas penteadeiras nos anos 30, o frasco de Chloé Eau de Parfum é tão elegante e atemporal quanto à fragrância contida nele.

Em colaboração com a Coty e Hannah MacGibbon, o diretor artístico da Chloé moda, Patrick Veillet, pesquisou os arquivos da marca para encontrar inspiração.

No frasco encontramos a reprodução do caimento de uma blusa plissada, a poesia de uma fita de seda colocada como uma pétala de rosa em um colarinho de camisa, o rigor das linhas e a riqueza do metal precioso. Tudo o que compõe a feminilidade e linhas puras da moda Chloé pronta para uso. Um novo clássico, um verdadeiro objeto de luxo, fabricado com a tradição dos melhores artesãos franceses. Uma ponte entre as tradições de ontem e a modernidade da marca.

Primeiro, o frasco, retangular e atemporal, com listras verticais que refletem a luz de todos os lados. A empresa SGD, fixada em Picardy, um vale famoso por seus fabricantes de vidro, vem produzindo frascos desde 1665. Para Chloé, foi usada areia branca que é quase tão clara como cristal. Como aprendizes alquimistas, os trabalhadores derramam à areia em um imenso forno. Aquecido a 1500 graus centígrados, a areia se funde e se transforma em magma. Cortado por uma pesada tesoura de ferro fundido, esta forma líquida de ouro é soprada em um molde gravado com linhas verticais, um frasco moldado com riscas laterais que dá um efeito especial ao perfume. É chegado o momento de paciência porque o material leva uma hora e meia para esfriar. Tempo e habilidade manual são valores essenciais nesse processo minucioso.

Em seguida vem a base, folheado em prata real pela companhia Auriplast (grupo Qualipac) no meio da região de Auvergne. O processo de fabricação complexo é o mesmo utilizado pelas mais tradicionais casas especializadas em prataria há séculos. As peças são mergulhadas em banhos estimulados por correntes elétricas que unem as partículas de cobre, níquel e prata ao metal. Após quase três horas de banhos sucessivos e uma fase de lavagem final com água purificada, uma camada de metal precioso cobre totalmente o a base de prata. Luxo absoluto que dá um brilho especial ao frasco, transformando-o num verdadeiro tesouro. Como uma jóia preciosa, desenvolve uma pátina original ao longo do tempo, na medida em que é utilizado.

Por último, a fita de gorgorão. Tingida na Itália, numa exclusiva sombra em pó que ecoa a cor do suco de champagne rosa em seu interior, esta fita foi especialmente concebida para a Chloé Eau de Parfum, em Saint-Etienne. Ela dá o toque final da “alta costura” à criação. Situado no berço do comércio de mobiliário francês, a empresa tem mais de 130 anos e seus artesãos experientes fornecem materiais para as mais prestigiadas casas de alta costura. Trançado em máquinas equipadas com 73 fusos, para os quais a simples adaptação pode demorar vários dias, a fita é cortada com o calor e passada para garantir a flexibilidade e a estabilidade quando trançada. Depois disso, a fita é aplicada uma a uma, artesanalmente nos frascos, fazendo com que cada um seja um objeto único. Os funcionários prestam atenção a cada etapa do processo com um olhar quase obsessivo aos detalhes.

O mundo inteiro de Chloé, sua poesia e feminilidade, tomam forma em uma fragrância.